Ideias para decorar o quarto Pt.2


Desculpem a Demora por post! Essa tensão pré vestibular está acabando comigo. Estou até pensando em fazer um post-desabafo sobre isto. Mas sem mais delongas finalmente a continuação do “Ideias para decorar o quarto”.

2. Decorando Com Livros

Fala sério, tem coisa mais bonita para se decorar quartos com livros? Além de ler aquelas maravilhas podemos deixa nosso espaço ainda mais a nossa cara com eles. Uma vez um amigo me disse a frase “Mostre-me seus livros e te direi quem és” e concordei totalmente com isso! O que mais pode mostrar tanto da sua personalidade do que os livros que você lê?






 Fonte: Google

A Fugitiva

        

          De todos os sintomas que ela sabia que viria a conhecer, este era o mais indesejável. Ela sabia que quando o visse e ele caminhasse em sua direção com aquele sorriso, o sorriso pelo o qual ela se apaixonou, ela não seria capaz de se mover. Não seria capaz porque simplesmente seu corpo não obedeceria, ela também sabia que a sua mente traidora iria fazer o trabalho reverso, embolando seus pensamentos. E era por isso que ela fugia dele todos os dias, ela fugia do solavanco acelerado de seu coração quando ele dirigia a palavra a ela, fugia do formigamento prazeroso que o simples toque dele a proporcionava, fugia da detestável gagueira temporária que a atingia. Mas por mais insigne corredora que ela fosse ela  sabia que nunca conseguiria fugir dele, por que sua mente decidiram contrariá-la com afinco. Ela sabia que deveria lutar, que deveria tentar ao menos, por que no momento que seus olhos se encontrassem ela se renderia. Ela se renderia a ele, seu orgulho e toda vontade de resistir seria exaurida de seu corpo no momento que seu sorriso fosse visto, e todo o seu esforço para construir barreiras ao redor de seu mundo estável iriam ruir tão depressa como a sua capacidade de resistência.

Seja o que for mas que seja com amor



Em fim o novo ano chegou! 2013 foi um ano que passou rápido demais para mim, foi um ano em que fiz varias promessas e desejos e fiquei durante todos os 365 dias em expectativa. O que só me resultou em frustração e sensação de faltar de dever comprido, foi um ano em que realizei pouco e idealizei muito. E por isso decidi que este ano vai ser diferente, em 2014 eu irei esperar menos. Nada de expectativas e promessas exageradas. 




A única coisa que prometo é que vou ser menos espectadora e mais ativa em minha própria vida. Nada de esperar por algo que eu mesma tenho que ir atrás.



Sete.





Um, dois, três... Eu estou tremendo, mordendo o lábio inferior com força. Estou lambendo sangue. Estou me concentrando na ardência e no ranger de dentes, rasgando a pele da palma com as unhas enquanto fecho com força minhas mãos. Quatro. Estou concentrada em me ferir, nessa pequena ardência. Isso está me segurando, está me puxando firme, me lembrando de não tremer por dentro. Cinco, seis... Eu sou um recipiente tão fraco, está rachando tão rápido. Eu estou sentindo que não vou aguentar muito tempo.  Sete. Eu estou quebrando.

Skyfall



O céu caiu.
Eu o vi desmoronar lentamente , o azul se desmanchou entre minhas mãos. Tão bonito.
Eu vi você, no meio do todo aquele caos celeste, os olhos tão duros, as mãos bem rígidas ao lado do corpo. Eu ouvi seu coração, frenético, rápido. Tudo estava desmoronando, bem em cima de você, e não o vi nem ao menos piscar. Tão firme.
Eu gritei seu nome até minha garganta doer, eu lutei contra as lágrimas enquanto tentava correr para mais perto, mas eu não consegui me mover, meus músculos não se moverem nenhum centímetro e eu estava tão cansada.
Porque você não me ouvi? Venha até mim! Ou não venha mas apenas saia daí. Nossos olhos se encontraram, os meus desesperados e repletos de lágrimas e os seus tão tristes, tão resignados.
Eu finalmente consegui me mover, lentamente, quase me arrastei em um ritmo desesperado para mais perto, quando finalmente estava ao seu lado, você me abraçou e molhei sua camisa com minhas lágrimas ruidosas, eu olhei para você, você sorriu. Tão calmo, tão seguro, tão triste.
Então o céu caiu. Bem em cima de nós.




Bandas que você precisa conhecer #1: Of Monsters and Men

Oi gente! Eu sei, eu sei. Faz algum tempo que eu não atualizo o blog, mas não pensem que eu vou abando-lo (isso nem pensar). Mas é ano de vestibular para mim e sabem como atarefados e estressante são essas épocas na vida de qualquer um né?  
Essa semana foi uma daquelas semanas parece-que-nunca-vai-acabar de provas e , graças a Deus, elas acabaram hoje O/.
Para comemorar - e para relaxar também- vou trazer uma série de indicações de bandas muito legais e que vocês precisam mesmo ver. A primeira dela é a banda Of Monsters and Men 


Of Monsters and Men  é uma banda islandesa de indie rock/indie folk formada em 2010 por Nanna Bryndís Hilmarsdóttir (voz e guitarra), Ragnar "Raggi" Þórhallsson (voz e guitarra), Brynjar Leifsson (guitarra), Arnar Rósenkranz Hilmarsson (bateria), Árni Guðjónsson (piano e teclados), Kristján Páll Kristjánsson (baixo) e Ragnhildur Gunnarsdóttir (trompete).
A banda lançou seu primeiro EP em 2011 intitulado de "Into the Woods" logo após, lançaram o primeiro álbum pela gravadora Republic Records, o "My Head is an Animal" e foi com o seu primeiro álbum que a banda começou a fazer sucesso país a fora.

{Fonte: Wikipedia }






Recentemente a banda foi escalada para participar do Lollapalooza Brasil e foi apartir dessa divulgação que tomei conhecimento da banda, foi paixão a primeira música! Segue aqui em baixo uma música muito amor da banda <3